14 de janeiro de 2020

Como a cirurgia de catarata recupera a visão

Como a cirurgia de catarata recupera a visão

Cerca de 12 milhões. Essa é a quantidade de casos de cegueira por consequência da catarata em todo o mundo. Segundo dados do IAPB (Agência Internacional para a Prevenção da Cegueira), a doença é a maior causa de cegueira, configurando 25.81% dos casos. No Brasil, estima-se que existam aproximadamente 350.000 cegos por catarata. Ocorre que parte considerável desses casos poderiam ser evitados através do diagnóstico correto e intervenção médica. A cirurgia de catarata é a única opção para recuperação da capacidade visual. O procedimento pode, ainda, auxiliar na correção de erros refrativos, como astigmatismo, miopia e hipermetropia.

A catarata senil é o tipo mais comum e parte do motivo se dá ao aumento da população idosa. Segundo dados do IBGE (2019), o número de pessoas com mais de 60 anos deve dobrar no Brasil até o ano de 2042. A velocidade do crescimento da população nessa faixa etária traz consigo o aumento da prevalência de problemas visuais, pois as três principais causas de cegueira – catarata, glaucoma e degeneração macular relacionada à idade – acometem, em sua maioria, os idosos.

“A cirurgia pode e deve ser realizada antes que a baixa visual comprometa a qualidade de vida do paciente.”

A boa notícia é que o quadro de baixa visão e cegueira causado pela doença pode ser revertido através da cirurgia. O procedimento é realizado a partir da inserção de uma lente intraocular, sendo extremante eficaz e proporcionando um resultado quase imediato no que diz respeito à reabilitação da visão. Unidades de saúde bem gerenciadas são capazes de realizar um alto volume de cirurgias de catarata, com ótima qualidade.

Ao contrário do que muitos pensam, não é necessário esperar a catarata “amadurecer”. A cirurgia pode e deve ser realizada antes que a baixa visual comprometa a qualidade de vida do paciente. Oftalmologia e tecnologia são grandes aliadas, trazendo excelentes resultados para a visão. Se você sofre com o problema, converse com seu oftalmologista a respeito da cirurgia. O procedimento pode ser a oportunidade para ver um mundo novo, de novo.

– –
Fonte: CBO – Conselho Brasileiro de Oftalmologia

Você também pode gostar
Quando a visão dupla pode ser sintoma de graves doenças
+
Quando a visão dupla pode ser sintoma de graves doenças

Os sentidos humanos são essenciais para interação entre as pessoas. Os olhos são responsáveis pelo sentido da visão, possibilitando enxergar tudo que está à ...

28 de fevereiro de 2024
Sensação de areia nos olhos: Saiba o que causa e como cuidar
+
Sensação de areia nos olhos: Saiba o que causa e como cuidar

Acordar com uma sensação de areia nos olhos não é incomum. Eles lacrimejam muito, podem coçar, ficam bem desconfortáveis e até doem. Por mais que seja ...

17 de agosto de 2023
Problemas oftalmológicos em diabéticos
+
Problemas oftalmológicos em diabéticos

Quando o paciente diabético tem bom controle da glicemia (quantidade de açúcar no sangue) ajuda a evitar complicações à saúde, como: doença renal, ataques ...

20 de novembro de 2023
siga @signorellioftalmologia no Instagram