24 de maio de 2022

Exercícios físicos e saúde ocular: há alguma relação?

Exercícios físicos e saúde ocular: há alguma relação?

Quando falamos em exercícios físicos, logo relacionamos à perda de peso, ao aumento da resistência e ao ganho de massa muscular. Saiba que os benefícios vão além, eles também fazem bem à saúde dos olhos. Há diversas pesquisas para entender melhor como os exercícios protegem o olho humano. Mas, já está claro que atividades físicas podem ajudar na prevenção de algumas doenças oculares, como retinopatia diabética, glaucoma, Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI), ceratocone, catarata e miopia.

Retinopatia diabética
Os exercícios físicos são aliados no processo metabólico da glicose no sangue e no controle dos níveis de glicemia, estimulando a produção de insulina e facilitando o seu transporte para as células. Consequentemente, são eficazes para a prevenção de complicações do diabetes, como a retinopatia diabética, que pode levar à cegueira irreversível.

Glaucoma
Atividades aeróbicas, como correr, nadar, caminhar ou pedalar, regulam a pressão arterial e ajudam na vascularização dos olhos. Com isso, também beneficiam a regulação da pressão intraocular, que precisa ser controlada em quem sofre de glaucoma.

Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)
Obesidade e hipertensão arterial são fatores de risco para a Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI), principal causa de perda de visão em pessoas com 50 anos ou mais. Cientistas da Universidade de Emory, nos Estados Unidos, constataram que a prática de atividades físicas previne contra a DMRI.

Ceratocone
A natação é a atividade física mais recomendada desde que praticada com óculos de proteção. O ceratocone deforma e afina a parte central da córnea e está relacionada a processos alérgicos. A maior umidade do ar, próxima à piscina, evita crises de rinoconjuntivite e outras manifestações alérgicas nas vias respiratórias que podem piorar o ceratocone.

Miopia
Um estudo, do projeto Beaver Dam Eye Study, constatou que a prática de atividade física aeróbica pode ajudar na saúde dos olhos, em especial a corrida. Isso ocorre porque, durante a corrida, os olhos são condicionados a enxergar o horizonte. Com o sedentarismo, as pessoas tendem a exercitar somente a visão de perto. Dessa forma, pessoas que não praticam atividades ao ar livre costumam ter maior predisposição à miopia.

Outro estudo publicado na Academia Americana de Oftalmologia sugere que 40 minutos/dia de atividades ao ar livre diminui o risco de desenvolver miopia em crianças.

Cuidados na prática de esportes

• A prática esportiva é o quarto colocado no ranking de motivos de lesões oculares. Portanto, atividades físicas, apesar de serem benéficas para a saúde dos olhos, requerem cuidados.

• Evite tocar nos olhos com as mãos sujas para prevenir infecções e lesões. É comum que o suor comece a escorrer pela testa. Mantenha uma toalha limpa por perto para se secar.

• Óculos de sol com lentes de filtro UV devem ser usados por quem pratica esportes e atividades ao ar livre, exposto ao sol. Também é importante o uso de chapéu ou boné.

• Os óculos de grau tornam-se perigosos durante a prática de certos exercícios físicos. Em atividades de alto impacto e velocidade, quando acontece uma colisão, os óculos podem gerar fragmentos e levar a cortes e lesões graves. O ideal é usar lentes de contato ou modelos próprios para a prática.

• No futebol, evite cabeçadas e invista em equipamentos de proteção. Impactos muito fortes podem gerar o deslocamento de retina e lesões oculares.

Fonte: Veja Bem – CBO em Revista

Você também pode gostar
Atenção aos olhos dos pequenos estudantes na volta às aulas
+
Atenção aos olhos dos pequenos estudantes na volta às aulas

As férias acabaram e é hora de voltar às aulas. Momento ideal para redobrar os cuidados com a saúde dos olhos. É fundamental que, nesta época do ano, pais e ...

5 de fevereiro de 2024
O que é uveíte? Conheça as causas, sintomas e tratamentos
+
O que é uveíte? Conheça as causas, sintomas e tratamentos

A uveíte corresponde à inflamação da úvea, que é parte do olho formada pela íris, corpo ciliar e coroide, que formam a parte da frente do olho, o que resulta ...

12 de janeiro de 2024
Doenças oculares hereditárias: conheça as 5 principais
+
Doenças oculares hereditárias: conheça as 5 principais

Muitas doenças oculares são transmitidas por herança genética. O ideal é se consultar e informar ao oftalmologista sobre quaisquer condições pré-existentes ...

21 de dezembro de 2023
siga @signorellioftalmologia no Instagram