16 de março de 2021

Fotofobia: por que o problema é mais comum em pessoas com olhos claros?

Fotofobia: por que o problema é mais comum em pessoas com olhos claros?

Qual é a cor dos seus olhos? Azuis, verdes, castanhos, pretos. A diversidade de tonalidades é grande. Os olhos possuem muitas particularidades e uma delas é que os mais claros apresentam maior sensibilidade à luz. Você sabia disso?

O problema ocorre porque, nesses casos, as camadas dos olhos claros absorvem de forma reduzida o estímulo luminoso e, consequentemente, se tornam mais sensíveis quando sob a luz do sol ou em ambientes fechados, mas muito iluminados. Essa sensibilidade tem nome: chama-se fotofobia.

Entendendo a fotofobia

A fotofobia não é a doença em si, mas um sintoma. O desconforto é caracterizado pela dificuldade em manter os olhos abertos em locais iluminados e, até mesmo, sentir dores de cabeça quando a exposição é prolongada. A intolerância ao estímulo luminoso pode ocorrer devido a problemas oculares, como inflamações, lesões na córnea e alterações na retina, e também por causas relacionadas ao sistema nervoso. Nesses casos, uma das complicações comuns é a enxaqueca.

Mas, não precisa se preocupar. Apesar de bastante incômoda, a fotofobia não é fator de risco para o desenvolvimento de problemas oculares mais graves. Ainda assim, sempre que for persistente, é muito importante que seja realizado o acompanhamento junto ao médico oftalmologista. Não existe um tratamento específico, mesmo porque a fotofobia não é considerada uma doença. No entanto, é possível identificar e tratar a causa para que seja possível minimizar o desconforto.

No mais, existem cuidados que podem ajudar, especialmente se seus olhos são claros, como evitar ambientes muito iluminados e usar óculos escuros, bonés e chapéus com aba sempre que a exposição ao sol for necessária. Caso ainda tenha ficado com alguma dúvida, converse com seu oftalmologista!

“Apesar de bastante incômoda, a fotofobia não é fator de risco para o desenvolvimento de problemas oculares mais graves.”

– –
Fonte: CBO – Conselho Brasileiro de Oftalmologia

Você também pode gostar
O uso de maquiagem nos olhos com segurança e sem exageros
+
O uso de maquiagem nos olhos com segurança e sem exageros

Cada vez mais os brasileiros ganham destaque nos gastos com cosméticos. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e ...

9 de outubro de 2023
Fique atento às alergias oculares
+
Fique atento às alergias oculares

Os olhos são um alvo fácil para as alergias, isto ocorre porque quando os abrimos, a conjuntiva, membrana fina que recobre a superfície do olho, fica diretamente ...

20 de dezembro de 2023
Qual a diferença entre o médico oftalmologista e o optometrista?
+
Qual a diferença entre o médico oftalmologista e o optometrista?

O oftalmologista é o médico especialista em cuidar da saúde ocular, capacitado para diagnosticar e tratar problemas da visão, fazer exames e realizar cirurgias, ...

25 de outubro de 2023
siga @signorellioftalmologia no Instagram