11 de setembro de 2023

Alta sensibilidade à luz pode ser sintoma de doenças oculares

Alta sensibilidade à luz pode ser sintoma de doenças oculares

Nossos olhos sempre reagem à presença de luz, especialmente em grande intensidade. Quem sofre de fotofobia enfrenta dificuldades por causa da intensidade de luz em ambientes luminosos e dias mais claros. As células da retina reagem à luz e o resultado é um desconforto com iluminação natural ou artificial, o que no verão, com a intensidade do sol, pode se tornar insuportável.

Na maioria dos casos, a fotofobia ocorre devido a fatores congênitos, tais como ausência de pigmentos no fundo do olho e casos de aniridia (ausência da íris). Pessoas que têm olhos de cores claras, como azul e verde, podem desenvolver os sintomas de aversão à luz, pois as camadas dos olhos de tons claros absorvem menos luz que os de cores comuns.

.
Problemas na vista como o astigmatismo também podem causar fotofobia, além de situações pontuais, como gripes e enxaquecas. No entanto, é preciso estar alerta, pois a fotofobia pode ser um sintoma de outros problemas, muitas vezes graves, como infecções, cicatrizes na córnea por alergias, glaucoma, entre outros.

Os cuidados se iniciam ao procurar um oftalmologista, que investigará as causas da sensibilidade e, se necessário, indicará o tratamento. O problema também pode ocorrer em crianças, por isso é importante que os pais estejam atentos aos filhos.

E quem acha que a fotofobia é capaz de provocar alguma doença ocular já pode ficar despreocupado. Em geral, esta condição não causa nenhuma enfermidade visual, mas exige um acompanhamento periódico para que haja uma avaliação médica adequada, especialmente quando a pessoa apresenta um desconforto visual agudo quando está presente em lugares claros.

TIRANDO DÚVIDAS

• O primeiro passo é procurar um oftalmologista para obter um diagnóstico preciso;

• Para quem usa óculos de grau, as lentes fotossensíveis são uma ótima opção. Além de reduzir a claridade incômoda, estas lentes aumentam o contraste e a nitidez, pois se adaptam as diferentes condições de luminosidade e melhoram sua visão , oferecendo mais conforto e também proteção;

• Ao optar pelo uso de óculos escuros, é importante escolher lentes com proteção aos raios UV para evitar danos aos olhos;

• Nos dois casos, no uso de óculos escuros e no uso de lentes fotossensíveis é preciso escolher lentes de boa qualidade e estar sempre em dia com os cuidados com sua saúde visual;

– –
Fonte: CBO – Conselho Brasileiro de Oftalmologia

Você também pode gostar
Identificando problemas de visão em crianças
+
Identificando problemas de visão em crianças

Identificar problemas de visão em crianças nem sempre é uma tarefa fácil. Isso porque é comum que elas não saibam dizer quando há algo de errado ou, ainda, ...

22 de dezembro de 2023
Ceratocone: saiba como identificar e tratar
+
Ceratocone: saiba como identificar e tratar

De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), a cada 100.000 pessoas no mundo, de 4 a 600 delas desenvolvem o ceratocone. Também conhecido como ...

9 de novembro de 2023
Olhos secos: pequenos cuidados evitam dor e infecções
+
Olhos secos: pequenos cuidados evitam dor e infecções

Os olhos tem uma lubrificação natural chamada lágrima ou filme lacrimal, além de lubrificar, esse líquido protege nossos olhos contra micro-organismos ...

22 de fevereiro de 2024
siga @signorellioftalmologia no Instagram