7 de junho de 2018

Todo diabético tem mesmo o risco de perda visual?

Todo diabético tem mesmo o risco de perda visual?

Infelizmente, a resposta para a pergunta/título desde texto é: sim. Todo o paciente de diabetes mellitus (o nome completo do diabetes) precisa ficar muito atento em relação à saúde dos olhos, já que a doença provoca risco de perda visual.

Para minimizar ao máximo este risco, é preciso adotar duas medidas fundamentais: controlar os níveis glicêmicos e fazer visitas regulares ao oftalmologista.

A grande inimiga dos olhos do diabético é mesmo é a Retinopatia Diabética. Esta doença pode atingir tanto pacientes de diabetes tipo 1 quanto de tipo 2, independentemente da idade. Ela surge quando os pequenos vasos sanguíneos que irrigam a retina passam a ficar danificados por conta do acúmulo de açúcar no sangue, provocando edemas e hemorragias na retina. A visão fica distorcida, borrada, com surgimento de pontos escuros e flutuantes.

Os pacientes acometidos de Retinopatia Diabética podem apresentar ainda o Edema Macular Diabético. Este desenvolvimento da doença prejudica uma parte “nobre” da retina, conhecida como mácula, que é responsável pela visão central e pela identificação das cores. O excesso de açúcar no sangue por longos períodos é o vilão do Edema Macular, pois provoca o acúmulo de líquidos e de proteínas na mácula, levando a um inchaço na região. A hipertensão arterial (pressão alta), outro problema correlato do diabetes, também pode levar ao Edema Macular.

Para se prevenir destas duas doenças, o diabético deve seguir o tratamento à risca passado pelo médico (uso de medicamentos, aplicação de insulina – se for o caso -, além de mudar o estilo de vida, com boa alimentação e prática de exercícios).

Mas outra medida fundamental é fazer exames periódicos com um oftalmologista especialista em retina, profissional que vai identificar precocemente o surgimento da Retinopatia ou do Edema Macular. Lembre-se: quanto antes estas doenças forem descobertas, maiores as chances de controle ou mesmo cura.

– –
Fonte: Veja Bem Veja Para Sempre – Sociedade Brasileira de Retina e Vítreo – SBRV

Você também pode gostar
Por que o oftalmologista é o único que pode adaptar e indicar o uso de lentes de contato?
+
Por que o oftalmologista é o único que pode adaptar e indicar o uso de lentes de contato?

As lentes de contato trouxeram melhoria da qualidade de vida, não só pela correção dos erros refrativos, mas também pela questão estética e menor restrição ...

11 de dezembro de 2023
O que é uveíte? Conheça as causas, sintomas e tratamentos
+
O que é uveíte? Conheça as causas, sintomas e tratamentos

A uveíte corresponde à inflamação da úvea, que é parte do olho formada pela íris, corpo ciliar e coroide, que formam a parte da frente do olho, o que resulta ...

12 de janeiro de 2024
Mapeamento de retina pode detectar doenças no corpo
+
Mapeamento de retina pode detectar doenças no corpo

Extremamente importante, o mapeamento de retina (exame complementar em que todo o fundo do olho e suas estruturas são avaliados) pode contribuir para diagnósticos ...

2 de fevereiro de 2024
siga @signorellioftalmologia no Instagram